IPCA
0.19 Jul.2019
Topo
Econoweek

Econoweek

Magnetis, Vérios e Warren: conheça os robôs de investimentos

César

30/07/2019 04h00

Há algumas semanas, nós falamos das vantagens e desvantagens de investir por meio de um robô de investimentos, que tenta entender o seu perfil e monta uma carteira de investimentos otimizada e personalizada para você. Hoje, o canal Econoweek vai te mostrar as principais características dos três robôs mais famosos do mercado.

Magnetis

O robô da Magnetis irá propor uma carteira alinhada ao seu perfil, mas nada impede que o investidor peça a alteração do nível de risco da carteira. O diferencial da plataforma é ter fundos geridos exclusivamente pela equipe da Magnetis.

Custo: grátis para investimentos de até R$ 5.000. Depois disso, é cobrado 0,4% ao ano sobre o patrimônio (não está claro se estão inclusas outras taxas, como taxa de administração, custódia, corretagem, etc).

Investimento inicial: a partir de R$ 1.000.

Aportes adicionais: a partir de R$ 100.

Liquidez: depende do tipo de investimento. Em alguns, a liquidez é imediata, mas em outros pode demorar até 60 dias para poder sacar.

Vale lembrar que as garantias dependerão dos ativos escolhidos para a composição de sua carteira de investimentos, sendo que nem todos possuem garantia do Fundo Garantidor de Crédito (FGC).

Vérios

Nesse robô, você tem de responder a um questionário, e, com base em seu perfil, ele irá propor uma carteira balanceada com cinco tipos de investimentos: renda fixa prefixada, pós-fixada e de inflação (como CDBs e títulos públicos), ações no Brasil e nos EUA. São cinco níveis de risco de acordo com as suas respostas.

Custo: 0,95% ao ano sobre o patrimônio, com tudo incluso (taxas de administração, custódia, etc).

Investimento inicial: a partir de R$ 12 mil (ou R$ 5.000, caso seja convidado por um amigo que já investe na Vérios).

Aportes adicionais: a partir de R$ 100.

Liquidez: cinco dias úteis entre o pedido de resgate e o saque.

Warren

Antes de tudo, você responde a um questionário sobre o seu perfil e objetivos, e o robô da Warren indica uma estratégia de investimentos.

Custo: 0,5% ao ano sobre o patrimônio (mas não deixa claro se estão inclusas outras taxas, como taxa de administração, custódia, corretagem, etc).

Investimento inicial: a partir de R$ 100.

Aportes adicionais: a partir de R$ 100.

Liquidez: de dois a cinco dias úteis entre o pedido de resgate e o saque.

E você? Investiria por meio de algum desses robôs?

Conta aqui nos comentários ou fale com a gente também no nosso YouTube Instagram. Também é possível ouvir nossos podcasts no Spotify. A gente sempre compartilha muito conhecimento sobre economia, finanças e investimentos. Afinal, o conhecimento é sempre uma saída!

Sobre os Autores

Étore: mestre em economia, tem mais de uma década de experiência no mercado financeiro. Atua hoje como economista macroeconômico em um grande banco, e já passou por consultorias econômicas e pela Bolsa de Valores, além de dividir seu tempo com o Econoweek, onde cuida, principalmente, de Macroeconomia.

César: economista com ênfase em terapia financeira, com larga experiência no mercado financeiro. Já atuou em setores macroeconômicos de bancos e consultorias, além de ter passado por empresa de pesquisas de mercado. Hoje se dedica exclusivamente ao Econoweek, com foco em investimentos.

Yolanda: economista e jornalista, teve passagens por grandes jornais nas áreas de economia e finanças, foi professora em um curso de graduação em Economia e hoje coordena uma equipe em um aplicativo de gestão financeira. Além disso, se dedica às finanças pessoais no Econoweek.

Sobre o Blog

O Econoweek é um blog escrito por três economistas que querem traduzir a economia.