PUBLICIDADE
IPCA
1,15 Dez.2019
Topo

5 motivos para o preço da carne ter disparado

César Esperandio

10/12/2019 14h06

Com informações desencontradas, o trabalhador brasileiro teme comprometer as festividades de final de ano com a alta do preço da carne. O preço não deverá recuar em 2019, mas não há motivos para temer em 2020.

O economista do Econoweek, César Esperandio, levantou os cinco principais motivos para essa alta, deu a sua opinião sobre o futuro do preço das carnes, bem como alternativas enquanto os preços estão caros.

 

Vamos aos porquês:

Razão 1: Gripe suína africana mata muitos porcos na China e ao redor do mundo. Isso fez a demanda por carne vermelha aumentar, pressionando preços para cima.

Razão 2: A demanda por carnes em geral subiu na China, que compra muito mais do que antes, pressionando preços para cima.

Razão 3: Trump, presidente dos EUA, impôs tarifa adicional à exportação da carne americana para a China, pressionando o preço para cima e fazendo a China buscar novos fornecedores.

Razão 4: Com o dólar cotado a mais de R$ 4,00, o produtor brasileiro ganha muito mais ao vender para o mercado externo, sobrando menos carne para o brasileiro, também pressionando os preços para cima.

Razão 5: passamos por um período de "entressafra" da produção bovina, com menor oferta de carne, pressionando os preços para cima.

Os preços mais altos da carne vieram para ficar? Na minha opinião, não! O mercado se ajustará e outros países já estão se preparando para aumentar a produção de carne. Além disso, o período de "entressafra" do boi passará, bem como há expectativa de fim da sobretaxação dos EUA à China.

O que fazer? Por enquanto, a melhor saída e substituir a fonte de proteínas das suas refeições para aves, que não subiram tanto de preço, ou soja, por exemplo. No começo de 2020, os preços devem normalizar.

 

Gostou das dicas?

Conta aqui nos comentários ou fale com a gente no nosso canal do YouTube, Instagram e LinkedIn. Também é possível ouvir nossos podcasts no Spotify. A gente sempre compartilha muito conhecimento sobre economia, finanças e investimentos. Afinal, o conhecimento é sempre uma saída!

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do UOL

Sobre os Autores

César Esperandio: economista com ênfase em planejamento financeiro, com larga experiência no mercado financeiro. Já atuou em setores macroeconômicos de bancos e consultorias, além de ter passado por empresa de pesquisas de mercado. Hoje se dedica exclusivamente ao Econoweek, com foco em investimentos.

Yolanda Fordelone: economista e jornalista, teve passagens por grandes jornais nas áreas de economia e finanças, foi professora em um curso de graduação em Economia e hoje coordena uma equipe em um aplicativo de gestão financeira. Além disso, se dedica às finanças pessoais no Econoweek.

Sobre o Blog

O Econoweek é um blog escrito por dois economistas que querem traduzir a economia, as finanças e o dinheiro.

Econoweek