IPCA
0.11 Ago.2019
Topo
Econoweek

Econoweek

Onde investir para ter renda mensal? Posso ter só poupança? Tire dúvidas

César

23/08/2019 04h00

Você já teve dúvidas sobre a economia, sobre investimentos ou sobre como lidar com as finanças? Hoje, o Econoweek respondeu cinco dúvidas de seus seguidores. Acompanhe!

1. Qual é a diferença entre a graduação de economia e de ciências econômicas?

Não há nenhuma diferença, pois os dois nomes se referem à mesma coisa. Cada universidade pode escolher o nome que dará para o seu curso de economia.

Apesar disso, nem todas as faculdades de ciências econômicas são iguais. O MEC (Ministério da Educação) apenas determina qual é a grade de disciplinas mínimas obrigatórias, e daí em diante cada instituição pode dar a "cara" que quiser para o seu curso.

A nossa dica é fazer uma visita às universidades que gostaria de ingressar e marcar uma conversa com o coordenador de curso. Eles costumam ter espaço na agenda para esse tipo de encontro antes do início de cada período letivo.

2. É verdade que se trabalha muito no mercado financeiro, sacrificando a vida social?

Sim e não. É verdade que é comum ver uma jornada de trabalho puxada no mercado financeiro, mas o sacrifício da vida social depende muito de cada um.

Eu, que escrevo esse texto para vocês, em minha experiência profissional anterior, na tesouraria de um banco, costumava ter jornada de pelo menos 11 horas de trabalho, mas nunca deixei de praticar atividades físicas e sair aos finais de semana.

É claro que a rotina era mais restrita, mas trabalhar um pouco a mais em um período da vida pode ser tolerável, desde que as demais esferas da vida mantenham-se em níveis saudáveis.

3. É possível ter conta-poupança em um banco, sem ter conta-corrente?

Sim, é totalmente possível, apesar de não ser um investimento com boa rentabilidade. Vale lembrar que o Banco Central determina um pacote padronizado de serviços gratuitos que os bancos devem oferecer. Dentre eles, um é direcionado para a conta poupança.

Então, além de ser possível ter uma conta poupança, sem ter uma conta corrente no mesmo banco, também dá para não pagar nada por isso. Legal, não é?

4. Quando são pagos os dividendos dos fundos imobiliários?

Os FIIs (Fundos de Investimento Imobiliários) são obrigados a distribuir no mínimo 95% de seus rendimentos aos cotistas (os investidores que colocaram dinheiro naquele fundo). E essa distribuição de dividendos normalmente é mensal.

Os fundos imobiliários são investimentos que aplicam no setor imobiliário, seja em shoppings, prédios, hotéis e outros ativos ligados ao segmento. E claro, são geridos por profissionais autorizados e capacitados para escolher os ativos que estarão na carteira.

5. Em que posso investir para ter renda mensal?

Os próprios FIIs são uma ótima opção para isso, mas existem outras opções de investimentos com retornos periódicos, como fundos de curto prazo ou mesmo títulos públicos com pagamentos semestrais.

A nossa dica é que você procure reinvestir esses juros ou dividendos sempre que possível. Assim, você potencializará o crescimento dos seus investimentos. Esse é o grande sucesso dos investimentos: fazer o dinheiro trabalhar cada vez mais ao seu favor.

E você tem alguma pergunta para fazer?

Conta aqui nos comentários ou fale com a gente no nosso YouTube Instagram. Também é possível ouvir nossos podcasts no Spotify. A gente sempre compartilha muito conhecimento sobre economia, finanças e investimentos. Afinal, o conhecimento é sempre uma saída!

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do UOL

Sobre os Autores

Étore: mestre em economia, tem mais de uma década de experiência no mercado financeiro. Atua hoje como economista macroeconômico em um grande banco, e já passou por consultorias econômicas e pela Bolsa de Valores, além de dividir seu tempo com o Econoweek, onde cuida, principalmente, de Macroeconomia.

César: economista com ênfase em terapia financeira, com larga experiência no mercado financeiro. Já atuou em setores macroeconômicos de bancos e consultorias, além de ter passado por empresa de pesquisas de mercado. Hoje se dedica exclusivamente ao Econoweek, com foco em investimentos.

Yolanda: economista e jornalista, teve passagens por grandes jornais nas áreas de economia e finanças, foi professora em um curso de graduação em Economia e hoje coordena uma equipe em um aplicativo de gestão financeira. Além disso, se dedica às finanças pessoais no Econoweek.

Sobre o Blog

O Econoweek é um blog escrito por três economistas que querem traduzir a economia.