IPCA
0.01 Jun.2019
Topo
Econoweek

Econoweek

Bancos digitais podem ser parte da solução para o crédito mais barato

César

2021-06-20T19:04:00

21/06/2019 04h00

A discussão dos porquês de o crédito ser tão caro no Brasil não é de hoje, com várias respostas diferentes. Hoje, nós do Econoweek vamos falar de uma das frentes que tem feito os custos caírem, além de melhorar a nossa experiência: a tecnologia.

No vídeo ali em cima, batemos um papo com o vice-presidente do Banco Inter, Alexandre Riccio, passando por temas como elevação da concorrência, controle da inadimplência, fintechs… Tudo para responder uma pergunta só: como tornar o crédito mais barato para o brasileiro.

A tecnologia tem ajudado nessa direção, não apenas no Banco Inter, mas também com várias fintechs que têm surgido. Ao se inovar oferecendo um serviço financeiro de maneira digital, desde empréstimos até aplicativos de organização financeira e investimentos, há uma enorme comodidade ao usuário final, que pode realizar diversas tarefas na palma de sua mão, através de seu smartphone.

Na mesma direção, lugares físicos pouco a pouco deixam de ser necessários, como é o caso de agências bancárias. Quem é que ainda gosta de ir ao banco se já conseguimos fazer as mesmas coisas através de um app?

Dessa maneira, a instituição financeira deixa de ter um custo considerável de manutenção desses locais, como aluguel e segurança, por exemplo.

Com isso, há a possibilidade de se cobrar menos dos clientes. Afinal, custos menores devem ser bons tanto para o empresário como para o consumidor.

Ainda assim, essa não é a única frente a ser atacada, afirma Alexandre. No Brasil há uma enorme carga tributária e o problema da inadimplência, que também compõem o custo do crédito.

"Hoje nós temos cinco grandes bancos que têm 95% dos clientes. Eu acredito que em cinco anos teremos já 40% dos clientes nos bancos digitais", declara Riccio. "Os bancos grandes vão se adaptar e dar uma oferta mais justa para os clientes", completa.

Como você acha que estará o setor bancário em cinco anos? Conta aqui nos comentários ou fale com a gente também no nosso YouTube Instagram. Também é possível ouvir nossos podcasts no Spotify. A gente sempre compartilha muito conhecimento sobre economia, finanças e investimentos. Afinal, o conhecimento é sempre uma saída!

Sobre os Autores

Étore: mestre em economia, tem mais de uma década de experiência no mercado financeiro. Atua hoje como economista macroeconômico em um grande banco, e já passou por consultorias econômicas e pela Bolsa de Valores, além de dividir seu tempo com o Econoweek, onde cuida, principalmente, de Macroeconomia.

César: economista com ênfase em terapia financeira, com larga experiência no mercado financeiro. Já atuou em setores macroeconômicos de bancos e consultorias, além de ter passado por empresa de pesquisas de mercado. Hoje se dedica exclusivamente ao Econoweek, com foco em investimentos.

Yolanda: economista e jornalista, teve passagens por grandes jornais nas áreas de economia e finanças, foi professora em um curso de graduação em Economia e hoje coordena uma equipe em um aplicativo de gestão financeira. Além disso, se dedica às finanças pessoais no Econoweek.

Sobre o Blog

O Econoweek é um blog escrito por três economistas que querem traduzir a economia.